Confira a programação da Rádio Justiça para esta terça-feira (04)

WebLink Hospedagem de Sites

Revista Justiça
Nesta edição, o programa começa com o quadro Direito Penal, que vai falar sobre Tribunal do Júri. Neste fim de semana, foi realizado o Primeiro Encontro Nacional do Ministério Público do Tribunal do Júri. Para comentar a respeito do tema, o programa conta com a participação do procurador Antônio Sergio Cordeiro Piedade. O Revista ainda traz detalhes sobre o programa “Mediar é Divino”, iniciado em 2016, em Goiânia, pelo Tribunal de Justiça de Goiás. O projeto que utiliza religiosos para a mediação de conflitos, também foi adotado pelos tribunais do Distrito Federal, do Paraná e de Mato Grosso do Sul. Quem traz mais detalhes é o Dr. Augusto Magalhães de Souza Maciel, coordenador da Justiça Alternativa do TJGO. Já a advogada Manoela Queiroz Bacelar participa do quadro Dicas do Autor para falar sobre o livro “Tombamento: Afetos Construídos”, que investiga o patrimônio imóvel de Fortaleza e sua relação com a preservação de uma memória que também é feita de afeição. E toda terça-feira também temos a participação do Dr. Kênio de Souza Pereira, advogado e presidente da Comissão de Direito imobiliário da OAB-MG, na coluna Direito Imobiliário. Terça-feira, às 08h.

Defenda Seus Direitos
Nos meses de junho e julho, muita gente tira férias e é nesse período que a importância do Seguro Viagem vem à tona. O programa de direitos do consumidor explica o que é o seguro-viagem, como funciona, o que ele cobre, como escolher e como acionar, além dos cuidados ao assinar um contrato. A entrevista é com o advogado especialista em direito do consumidor Carlos Rafael Demian Gomes de Carvalho. Terça-feira, às 13h.

Justiça na Tarde
O programa de entrevistas fala sobre abordagem policial. Em recente decisão, o Tribunal de Justiça de São Paulo considerou que os excessos em uma abordagem policial podem gerar o dever de indenizar. Em caso recente, a Fazenda do Estado de SP deve indenizar, com R$ 15 mil, uma mulher que sofreu com excessos durante abordagem policial. Para comentar o assunto, o Justiça na Tarde recebe a participação de diversos especialistas. Terça-feira, às 14h10.

Direito Direto
Um estagiário conseguiu vínculo empregatício com banco por realizar funções além das designadas em seu contrato. A decisão é da justiça do trabalho do Rio Grande do Norte e o tribunal entendeu que ocorreu desvio de finalidade no caso. Por isso, o estagiário deve receber a remuneração correspondente ao piso salarial da categoria dos bancários. Para falar sobre a lei dos estagiários e as questões que envolvem o assunto, o programa conta com a explicação de especialistas. Terça-feira, às 17h.

Radionovela – Meu passado me condena
Lucindo descobriu que a casa onde mora é um tesouro histórico. Isso porque sua mãe tinha um caso com o fundador da cidade, o Barão de Von Hausen. Assim, Lucindo decidiu tombar o imóvel, mas o pai, Teodoro, é contra e está irredutível. Para fazer o filho mudar de ideia, Teodoro pediu ajuda de sua vizinha, a apaixonada Renilda. Se ela conseguir, Teodoro prometeu ficar com ela. Só que o jogo pode virar, pois Renilda também descobriu que Teodoro já foi amante de sua mãe. A radionovela desta semana fala do tema “tombamento”. Em diversos horários e versão compacta, sábados e domingos, às 20h30.

Rádio Justiça
A Rádio Justiça é sintonizada em 104,7 FM no Distrito Federal e pode ser ouvida pelo site www.radiojustica.jus.br. Siga a Rádio Justiça pelo Twitter no endereço http://twitter.com/radiojustica.
 

Fonte: Rádio Justiça

Fonte: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=348644
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *