Alfândega em Florianópolis faz balanço das apreensões de cigarros contrabandeados na região

O combate ao contrabando é um dos objetivos estratégicos da Receita Federal. Quando o contrabando se trata de cigarros, a atenção precisa ser redobrada, pois, além de ser um problema de saúde pública, o dinheiro oriundo do contrabando de cigarros financia outros crimes, tais como o tráfico de drogas e de armas, além do roubo de veículos.

A Alfândega de Florianópolis vem alcançando números crescentes de apreensões de cigarros contrabandeados do Paraguai graças ao trabalho realizado em parceria com as forças de segurança pública, principalmente com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e com a Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC) da Polícia Civil.

Em 2017 foram apreendidos 8,8 milhões de maços de cigarros contrabandeados no valor total de R$ 45,7 milhões. O crescimento foi de 79% na comparação com 2016, quando foram apreendidos 4,9 milhões de maços de cigarros no valor total de R$ 25,5 milhões.

Fonte: http://idg.receita.fazenda.gov.br/noticias/ascom/2018/abril/alfandega-em-florianopolis-faz-balanco-das-apreensoes-de-cigarros-contrabandeados-na-regiao
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *