Ana Amélia cobra autocrítica do PT e critica uso do verde e amarelo pelo partido

A senadora Ana Amélia (PP-RS) criticou o Partido dos Trabalhadores (PT), em discurso no Plenário nesta terça (16). Ela questionou a sinceridade do candidato Fernando Haddad por usar, em sua campanha presidencial, as cores da bandeira brasileira. Segundo a parlamentar, o PT busca reagir ao movimento popular que adotou o verde e amarelo como símbolos da luta contra a corrupção dos governos Lula e Dilma.

— Não se surpreendam por causa dessa reação que nós temos hoje, uma situação complicada, de um candidato que quer mostrar um novo modelo, uma nova ideologia, uma nova forma de governar. É o lobo vestido de cordeiro. É, como eu disse aqui outro dia, brincando, o “candidato-melancia”: verde por fora e vermelho por dentro — afirmou.

Ana Amélia ainda mencionou o ato público em que Cid Gomes cobrou “reflexão e autocrítica” a seus aliados do PT e acrescentou que a situação do partido seria diferente se houvesse o reconhecimento dos erros cometidos.

— E ele fez [reflexão e autocrítica] com a autoridade de quem está apoiando Fernando Haddad, de quem está apoiando a candidatura do Partido dos Trabalhadores. Cid Gomes chamou à razão para dizer que faltou humildade, faltou autocrítica. Mas quantas e quantas vezes isso foi dito, cobrado do partido esse gesto. Reconheço e conheço muitos petistas que tinham a mesma visão de que, se tivesse havido esse ato de contrição com o país, a situação do partido hoje poderia ser diferente. Não necessariamente seria, mas poderia ser diferente, porque a autocrítica é o reconhecimento dos erros cometidos. Mas nunca fizeram isso — ressaltou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2018/10/16/ana-amelia-cobra-autocritica-do-pt-e-critica-uso-do-verde-e-amarelo-pelo-partido
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *