Angelo Coronel quer reforma tributária para gerar emprego e mover economia

Eleito senador pela Bahia, Angelo Coronel (PSD) terá entre as prioridades de seu mandato a defesa de uma reforma tributária que reduza a carga de impostos e taxas e encoraje investimentos. Para ele, essa medida dará início a um movimento cíclico de recuperação econômica no país.

— Precisamos atrair investidores nacionais e internacionais para abrirem empresas. Se você amplia o parque industrial e comercial, gera empregos, e as pessoas vão ter renda para consumir. É uma roda, e temos que fazê-la girar bem azeitada.

Coronel defende a simplificação de alíquotas por meio da criação de um imposto de valor agregado e a desoneração do setor produtivo. Também é a favor de uma revisão do pacto federativo que dê mais peso aos estados e municípios na distribuição da receita nacional.

— Não posso aceitar que o governo federal arrecade impostos, taxas e contribuições e só divida o bolo da arrecadação dos impostos. Vou lutar para mudar essa sistemática e fazer com que estados e municípios recebam tudo que for arrecadado.

O futuro senador também garante que chamará a atenção para a questão do meio ambiente, defendendo alocação de recursos para a recuperação de rios e para a expansão da educação em tempo integral, através de legislação específica.

Angelo Coronel foi o segundo candidato mais votado para o Senado pela Bahia, recebendo 3,9 milhões de votos. Formado em engenharia civil, ele iniciou a carreira política como prefeito do município de Coração de Maria (BA), na Região Metropolitana de Feira de Santana. É deputado estadual desde 1995 e é o atual presidente da assembleia legislativa do estado.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2018/10/29/angelo-coronel-quer-reforma-tributaria-para-gerar-emprego-e-mover-economia
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *