Apesar de adiamento, Davi prevê votação de projeto sobre regra de ouro

Ao deixar a primeira parte da sessão do Congresso desta quarta-feira (13), o senador Davi Alcolumbre explicou aos jornalistas que o PLN 8/2020, que abre crédito suplementar de R$ 343,6 bilhões ao Poder Executivo, foi retirado da pauta da reunião a pedido do relator, senador Marcos Rogério (DEM-RO), que alegou não ter tido tempo suficiente para analisar a proposta. 

— Não foi por falta de acordo. Foi porque foi feita a distribuição ontem, às 11h40 da noite, para o relator Marcos Rogério. Mas há o sentimento de votar isso. Até porque é importante para o Orçamento público. O Estado brasileiro está sem condições, a partir da primeira quinzena de junho, de arcar com suas despesas correntes. Então temos que votar — explicou. 

Se aprovado PLN 8/2020, o Executivo vai poder contornar, em 2020, a chamada regra de ouro, que não permite que o governo se endivide para pagar despesas correntes. 

As sessões do Congresso Nacional estão sendo realizadas de forma remota, via internet. Por isso, está sendo dividida em duas partes. Na primeira, os debates a as votações ficam a cargo dos deputados. Na segunda parte, é a vez dos senadores. 

A sessão desta quarta-feira continua às 16 horas. 

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2020/05/13/apesar-de-adiamento-davi-preve-votacao-de-projeto-sobre-regra-de-ouro
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *