Apreensão de armas de choque e produtos pirateados resulta em mais de R$ 1,5 milhão

A operação, conjunta entre a seção de Vigilância Aduaneira da Alfândega de Itaguaí e a coordenação-geral de Repressão ao Contrabando da Receita Federal, foi realizada em 11 de abril. 

Os produtos eram procedentes de Shangai, na China, e entre eles destacavam-se: armas de choque (tasers), cigarros eletrônicos, aparelhos de rádio, carregadores e cabos para celulares com violação à propriedade intelectual (pirateados).

Foram mais de 19 toneladas de mercadorias apreendidas que se encontravam no interior de um contêiner. A operação faz parte da estratégia de intensificação dos controles realizados na região de Itaguaí/RJ.

Fonte: http://idg.receita.fazenda.gov.br/noticias/ascom/2018/abril/apreensao-de-armas-de-choque-e-produtos-pirateados-resulta-em-mais-de-de-r-1-5-milhao
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *