Aprovado na CDR, registro de veículos de turismo busca evitar confusão com transporte irregular

Projeto aprovado nesta quarta-feira (30) pela Comissão de Desenvolvimento Regional (CDR) determina que o guia de turismo que usa carro próprio para trabalhar precisa cadastrar o veículo no Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur). O registro deve ser feito também no município e no Estado onde a atividade for organizada e onde circula.

A ideia é evitar que o guia seja confundido como um motorista de transporte irregular de passageiros, por exemplo. A proposta (PLC 23/2014) já foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça e agora segue para votação no Plenário.

Na votação desta terça na CDR, o texto ganhou uma pequena mudança de redação. Originalmente dizia que o veículo não poderia ter duas portas. Os senadores entenderam que o sentido poderia ser deturpado, abrindo brecha para veículos de uma porta apenas. Com isso, a proposta passou a exigir veículos com três ou mais portas, sem contar o acesso ao porta-malas.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2018/10/31/aprovado-na-cdr-registro-de-veiculos-de-turismo-busca-evitar-confusao-com-transporte-irregular
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *