CAE debate consequências econômicas da crise da segurança pública

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) promove na terça-feira (4), às 14h30, audiência pública interativa para debater a questão orçamentária e os reflexos econômicos da crise da segurança pública. A relação entre orçamento, economia e segurança pública é o enfoque que a comissão desenvolve neste ano como avaliação de política pública federal, prerrogativa das comissões do Senado.

Foram convidados para o debate o secretário de Segurança do Estado de São Paulo, Mágino Alves Barbosa Filho; a diretora-executiva da ONG Fórum Nacional de Segurança Pública, Samira Bueno; o secretário especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Hussein Kalout; e um representante do Ministério da Segurança Pública.

O presidente da CAE é o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) e o vice-presidente é o senador Garibaldi Alves Filho (MDB-RN). Quem relata a avaliação de política pública é o senador Armando Monteiro (PTB-PE). De acordo com o plano de trabalho já aprovado, o agravamento da crise na área de segurança pública tem como contrapartida grande custo econômico e social. Além de audiências públicas e estudos, a CAE também está promovendo uma análise histórica da execução dos orçamentos dos estados, do Distrito Federal e da União na área de segurança.

Qualquer pessoa pode participar da audiência pública pelo portal do programa e-Cidadania ou por meio do Fale com o Senado (0800 612211).

COMO ACOMPANHAR E PARTICIPAR

Participe:
http://bit.ly/audienciainterativa
Portal e-Cidadania:
senado.leg.br/ecidadania
Alô Senado (0800-612211)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2018/12/03/cae-debate-consequencias-economicas-da-crise-da-seguranca-publica
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *