CAE sabatina indicados para a presidência e diretorias do Banco Central

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) sabatina na terça-feira (26) o economista Roberto de Oliveira Campos Neto, indicado pela Presidência da República para o cargo de presidente do Banco Central (BC). A reunião está marcada para as 10h na sala 19 da ala Alexandre Costa. O senador Eduardo Braga (MDB-AM)A é o relator da indicação.

O presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM), decidiu realizar, na mesma reunião, as sabatinas de Bruno Serra Fernandes e João Manoel Pinho de Mello, indicados para duas diretorias do BC, e Flávia Martins Sant’anna Perlingeiro, indicada para o cargo de diretora da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Roberto Campos Neto

Nascido em 1969, Roberto Campos Neto graduou-se como Bacharel em Economia em 1993 pela Universidade da Califórnia, Los Angeles, instituição onde concluiu o mestrado em Economia em 1995. Campos Neto tem longa trajetória no sistema financeiro, dede 1996 a 1999, especialmente no banco Santander. Entre 2010 e 2018, foi membro do Conselho Executivo do Santander Investment no Brasil e no mundo. Foi membro do Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial, em 2018.

Diretores do BC

Nascido em 1978, Bruno Serra Fernandes graduou-se em Economia no Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec), em 1999, e concluiu o mestrado, também em Economia, na Universidade de São Paulo (USP), em 2004. Ocupou diversos cargos em instituições financeiras privadas e, desde 2014 até 2019, ocupava o cargo de superintendente executivo de Renda Fixa no Itaú Unibanco. O senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) é o relator da indicação de Fernandes para o BC.

Nascido em 1973, João Manoel Pinho de Mello possui graduação em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em São Paulo (1997), além de mestrado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ), em 2000, e doutorado em Economia pela Stanford University, nos EUA, em 2005, com pesquisas acadêmicas nas áreas de Economia Bancária, Antitruste e Defesa da Concorrência, e Economia do Crime. Entre 2004 e 2013, foi professor de Economia na PUC/RJ. Foi colunista do jornal Folha de S. Paulo. Tem atuação no setor financeiro e, no setor público, foi, nos últimos dois anos, no Ministério da Fazenda, assessor especial para Reformas Microeconômicas , secretário de Produtividade e Advocacia da Concorrência e secretário de Política Econômica. A indicação de Pinho de Mello é relatada na CAE pelo senador Wellington Fagundes (PR-MT).

CVM

Indicada para a CVM, Flávia Martins Sant’anna Perlingeiro nasceu em 1971 e graduou-se em Direito em 1993, pela PUC do Rio de Janeiro. Fez pós-graduação em Câmbio e Operações Financeiras com o Exterior em 1995, na Fundação Getúlio Vargas, e mestrado em Direito Corporativo na Universidade de Nova Iorque no período de 1997 a 1998. Em escritórios de advocacia, assessorou companhias brasileiras na emissão de valores mobiliários no mercado de capitais norte-americano. Atuou ainda na área jurídica e na área de mercados de capitais no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Desde 2010, é professora na FGV. A sua indicação à CVM é relatada pelo senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).

COMO ACOMPANHAR E PARTICIPAR

Participe:
http://bit.ly/audienciainterativa
Portal e-Cidadania:
senado.leg.br/ecidadania
Alô Senado (0800-612211)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2019/02/21/cae-sabatina-indicados-para-a-presidencia-e-diretorias-do-banco-central
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *