CAS promoverá debate sobre prevenção e tratamento do diabetes

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) realizará, na quarta-feira (27), audiência pública interativa para debater a prevenção do diabetes e o acesso aos tratamentos da doença. A atividade é oriunda do REQ 130/2019 – CAS, do senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO), principal defensor da causa no Senado. 

Entre os convidados estão o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta; a presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes, Hermelinda Pedrosa; os médicos Áureo Ludovico e Francyne Veiga Cyrino; o presidente da ONG Unidos Pelo Diabetes, Rafael Ernane Almeida Andrade; o consultor da Associação de Diabetes Juvenil, Heitor Zanini; e representantes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde e da Sociedade Brasileira de Cirurgias Bariátrica e Metabólica.

A reunião está marcada para às 11h, na sala 9 da Ala Senador Alexandre Costa.

Diabetes

O diabetes é causado pela produção insuficiente ou má absorção de insulina, hormônio que regula a glicose no sangue e garante energia para o organismo. A doença pode gerar complicações agudas e crônicas em pacientes sem tratamento, como hipoglicemia, insuficiência renal, cegueira, insuficiência vascular, amputações de membros inferiores, infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), existem atualmente, no Brasil, mais de 13 milhões de pessoas vivendo com a doença, o que representa 6,9% da população mundial com diabetes. 

Para estabelecer a realização de campanhas de divulgação e conscientização sobre a importância e a necessidade de medir regularmente os níveis glicêmicos e de controlá-los, foi sancionada, no último dia 30 de outubro, lei que institui a Política Nacional de Prevenção do Diabetes e de Assistência Integral à Pessoa Diabética (Lei 13.895, de 2019). A norma é originária do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 133/2017, aprovado pelo Senado em outubro deste ano. 

Fazem parte das diretrizes da Política Nacional de Prevenção do Diabetes, a universalidade, a integralidade, a equidade, a descentralização e a participação da sociedade na definição e no controle das ações e dos serviços de saúde. Estão previstos também como pontos da política a promoção de ações coletivas preventivas à doença e o investimento em desenvolvimento científico e tecnológico sobre métodos de tratamento e cuidados para o não desenvolvimento da doença.  

Morgana Nathany, com supervisão de Sheyla Assunção

COMO ACOMPANHAR E PARTICIPAR

Participe:
http://bit.ly/audienciainterativa
Portal e-Cidadania:
senado.leg.br/ecidadania
Alô Senado (0800 612211)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2019/11/25/cas-promovera-debate-sobre-prevencao-e-tratamento-do-diabetes
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *