CE aprova inclusão de Bernardo Sayão entre heróis da pátria

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) aprovou nesta terça-feira (4) a inscrição do nome do engenheiro Bernardo Sayão no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria. A iniciativa está no PLC 90/2017, que agora será analisado pelo Plenário.

Nascido em 18 de junho de 1901 no Rio de Janeiro, Bernardo Sayão Carvalho Araújo mudou-se com a família para ajudar na construção de Brasília. Foi nomeado pelo então presidente Juscelino Kubitschek como um dos diretores da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), tendo sido designado para construir a ligação entre Brasília e o Norte do país (rodovia Belém-Brasília).

Morreu em 15 de janeiro de 1959, antes da inauguração de Brasília e da rodovia, atingido por uma árvore durante uma inspeção de rotina próximo à divisa entre os estados do Maranhão e Pará, onde fica o município paraense de Dom Eliseu.

O autor da proposta é o ex-deputado Daniel Vilela, que argumenta que o intuito é prestar justa homenagem a Sayão por sua trajetória de vida dedicada à construção de Brasília, projeto desenvolvimentista brasileiro que consolidou os esforços nacionais para a interiorização do povoamento e do desenvolvimento. O projeto teve parecer favorável do senador Luiz do Carmo (MDB-GO).

O Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria se destina ao registro perpétuo do nome dos brasileiros e brasileiras ou de grupos de brasileiros que tenham oferecido a vida à Pátria, para sua defesa e construção, com excepcional dedicação e heroísmo.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2019/06/04/ce-aprova-inclusao-de-bernardo-sayao-entre-herois-da-patria
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *