CI aprova indicado para diretor-geral da Antaq; nome vai a votação em Plenário

A Comissão de Infraestrutura (CI) aprovou, na tarde desta segunda-feira (19), a indicação de Eduardo Nery Machado Filho para o cargo de diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). O indicado recebeu 14 votos favoráveis e um contrário e agora será avaliado pelos demais senadores em Plenário. 

Durante a sabatina, Eduardo Nery Machado Filho disse que pretende estreitar relações com o Congresso na busca por soluções para o setor. Ele também reafirmou o compromisso com a estabilidade regulatória, com a governança, com a transparência, com a redução da burocracia e com a defesa da ampliação da concorrência. 

O indicado disse ainda que a tarefa de regulação deve ser empreendida com prudência a fim de que sejam evitados entraves burocráticos desnecessários. Em relação à fiscalização, ele defendeu uma ação responsiva, em que o comportamento pregresso do prestador do serviço determina a frequência e a intensidade das atividades fiscalizatórias. 

Leilões

Para 2021, o indicado lembrou que a Antaq vai ter papel fundamental na organização de leilões de áreas portuárias. Ele citou um estudo do Tribunal de Contas da União (TCU) segundo o qual o processo licitatório para o arrendamento portuário é complexo, rígido e moroso, incompatível com a agilidade necessária que se espera para atender as demandas do setor. 

— Os arrendamentos portuários levam em torno de 28 meses entre o início dos estudos técnicos preparatórios e o fim do processo, quando o operador, de fato, assume a área, podendo chegar a até cinco anos quando ocorrem judicializações. Por outro lado, para obter uma autorização de instalação de terminal de uso privado, leva-se em torno de 16 meses, em média — explicou ele, antes de ressaltar que tal diferença faz os portos públicos perderem espaço para os terminais de uso privado.

Currículo 

Eduardo Nery Machado Filho é formado em Engenharia Civil pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Tem pós-graduações em auditoria de obras públicas, pela Universidade de Brasília (UnB), e em orçamento público, pelo Instituto Serzedello Corrêa.

O indicado tomou posse no serviço público federal em 2000, na carreira de auditor federal de Controle Externo do TCU. Nos últimos 20 anos no tribunal, trabalhou na Primeira Secretaria de Controle Externo, na Ouvidoria e na Secretaria de Fiscalização de Obras, onde exerceu a função de secretário de 2009 a 2014. Desde 2014, é chefe de gabinete do ministro do TCU Vital do Rêgo.

Antaq

A Antaq é uma agência reguladora que possui regime autárquico especial, com personalidade jurídica de direito público, independência administrativa, autonomia financeira e funcional.

É vinculada ao Ministério da Infraestrutura e tem por finalidade implementar as políticas formuladas pela pasta para o setor de transportes aquaviários. É responsável por regular, supervisionar e fiscalizar as atividades de prestação de serviços desse setor e de exploração da infraestrutura portuária e aquaviária.

 

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2020/10/19/ci-aprova-indicado-para-diretor-geral-da-antaq-nome-vai-a-votacao-em-plenario
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

13 thoughts on “CI aprova indicado para diretor-geral da Antaq; nome vai a votação em Plenário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *