Concedida extradição a italiano condenado por exploração sexual

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu, nesta terça-feira (16), a extradição do italiano Daniele Maccio, condenado a nove anos pelos crimes de exploração sexual, fraude, receptação e falsificação. Por unanimidade, os ministros consideraram presentes os requisitos para o deferimento da Extradição (EXT) 1530.

“Há dupla tipicidade, houve observância dos requisitos específicos do tratado, o fato estava submetido à norma penal aqui e na Itália, e o que se pretende é análise do mérito, em sede de extradição, com cognição limitada. Entendo que estão presentes todos os requisitos necessários e não há prescrição”, afirmou o relator, ministro Luiz Fux.

Os ministros acompanharam o relator, e houve a ressalva de que o pronunciamento do STF na extradição é meramente autorizativo, uma vez que a decisão pela entrega é ato de soberania reservado ao Presidente da República.

FT/CR
 

Fonte: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=392855
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *