Confira a programação da Rádio Justiça para esta segunda-feira (24)

Revista Justiça
No dia 25 de novembro é celebrado o Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher. De acordo com dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o Brasil registrou 606 casos de violência doméstica e 164 estupros por dia em 2017, e a cada hora, 22 mulheres acionaram a Lei Maria da Penha por meio de denúncias. Para repercutir o assunto, o Revista Justiça traz duas entrevistas sobre o tema na primeira hora do programa. No quadro Direito Penal, a advogada Rachel Serodio fala sobre o feminicídio, a Lei Maria da Penha e a Lei de Importunação Sexual.E, para falar sobre traumas ecomo lidar com vítimas de casos de violência, o programa recebe a psicóloga Andrea Azim Welsing. No quadro Dicas do Autor, o ouvinte conhecerá a coleção "A liberdade no pensamento ocidental". A entrevista é com o autor da obra, Flávio Pansieri. O Revista Justiça conta ainda a participação do jurista e professor Renato Marcão com aulas sobre a Lei de Drogas, a Lei 11.343. Na aula desta edição, ele explica o artigo 28 da norma, que cuida dos crimes de porte e de plantio de drogas para consumo pessoal. Segunda-feira, às 08h.

Giro pelo Mundo
O Giro pelo Mundo destaca o pedido de desculpas da Samsung a funcionários que tiveram câncer. Enquanto isso, milhares de camponeses marcham em Mumbai, na Índia, para pedir perdão por empréstimos. E a Coreia do Sul cedeu aos protestos de ativistas e desmantelou o maior matadouro de cães do país. Segunda-feira, às 10h.

Defenda seus Direitos
O programa desta edição fala sobre renegociação de dívidas e o uso de canais digitais para facilitar o atendimento ao consumidor. A ideia é atender à demanda do cliente que pretende renegociar débitos e manter um bom relacionamento com a empresa. Atualmente, há uma maior adesão de consumidores aos canais para a resolução de pendências e relacionamento, bem como o uso de boas práticas. Quem comenta o assunto é o coordenador de Negócios Digitais da Negocia Fácil, José Moniz. Segunda-feira, às 13h.

Justiça na Tarde
O Justiça na Tarde fala sobre violência contra a mulher. A data de 25 de novembro foi instituída como Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher para alertar a sociedade sobre os casos de violência e maus tratos contra as mulheres. A violência física, psicológica e o assédio sexual são alguns exemplos do que ainda ocorre. De acordo com as estatísticas, uma em cada três mulheres sofre de violência doméstica. A violência contra a mulher é uma questão social e de saúde pública, não distingue cor, classe econômica ou social, e está presente em todo o mundo. Especialistas debatem o assunto. Segunda-feira, às 14h10.

Direito Direto
O assunto desta segunda-feira é o caso de foro por prerrogativa de função de membro do Judiciário analisado pela Corte Especial do STJ. O entendimento foi firmado em questão de ordem na ação penal que trata de caso de lesão corporal cometido por desembargador contra a própria mãe e irmã. Especialistas comentam o assunto. Segunda-feira, às 17h.

Rádio Justiça
A Rádio Justiça é sintonizada em 104,7 FM no Distrito Federal e pode ser ouvida pelo site www.radiojustica.jus.br. Acompanhe a programação e siga a Rádio Justiça pelo Twitter no endereço http://twitter.com/radiojustica.

Participe dos programas! Envie dúvidas e sugestões sobre temas ligados ao Direito para o Whatsapp: (61) 9 9975-8140.

Fonte: Rádio Justiça

Fonte: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=396604
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *