Congresso deve votar Lei de Diretrizes Orçamentárias em novembro

LOC: O CONGRESSO NACIONAL DEVE VOTAR A LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS NO DIA 19 DE NOVEMBRO. A LDO SERVE DE BASE PARA A ELABORAÇÃO DO ORÇAMENTO GERAL DA UNIÃO, QUE DEFINE COMO O GOVERNO DEVE GASTAR O DINHEIRO ARRECADADO COM OS IMPOSTOS.

LOC: O ANÚNCIO FOI FEITO PELO PRESIDENTE DA COMISSÃO MISTA DE ORÇAMENTO, SENADOR LOBÃO FILHO, DO PMDB DO MARANHÃO.

Téc: O presidente da Comissão Mista de Orçamento, senador Lobão Filho, do PMDB do Maranhão, entregou ao presidente do Senado, Renan Calheiros, o projeto da LDO, a Lei de Diretrizes Orçamentárias, para 2014. Ele pediu a inclusão da matéria na pauta do Congresso Nacional. Segundo Lobão Filho, a expectativa é que a votação ocorra em 19 de novembro, logo após o exame de seis vetos presidenciais que trancam a pauta.

Téc: “nós tivermos o grande prazer, a grande honra de entregar formalmente ao presidente do senado o relatório, o resultado final deste trabalho para habilitar que ele seja pautado e colocado no congresso. nós precisamos primeiro esperar que o congresso nacional tenha a pauta destrancada, isso deverá ocorrer por volta de 16, 19 do próximo mês e nós teremos a votação no mesmo dia”.

(Cardim) A LDO serve de base para a elaboração do Orçamento Geral da União, que define como o governo deve gastar o dinheiro arrecadado com os impostos. Se o projeto não for votado até o dia 22 de novembro, ele só voltará a ser analisado em dezembro, já que a pauta do Congresso volta a ser trancada por vetos presidenciais. A LDO deveria ter sido votada em julho deste ano, mas deputados e senadores condicionaram a sua aprovação à votação do orçamento impositivo, que vai obrigar o governo a pagar as emendas parlamentares.

Fonte: http://www.senado.gov.br/noticias/Radio/programaConteudoPadrao.asp?COD_TIPO_PROGRAMA=4&COD_AUDIO=483814
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *