Eleito senador em 2020, Carlos Fávaro toma posse

Carlos Fávaro (PSD-MT) tomou posse no cargo de senador nesta terça-feira (15). Ele venceu a eleição suplementar, realizada no dia 15 de novembro deste ano, com 371.857 votos (25,97% do total). O parlamentar já ocupava uma cadeira de senador de forma interina desde abril, quando assumiu a vaga no Senado deixada por Selma Arruda, cassada pela Justiça Eleitoral. Ele terá mais seis anos de mandato.

Fávaro felicitou a oportunidade de assumir o cargo de senador da República pela segunda vez no mesmo ano. Ele declarou que sofreu a mesma penalidade de quem cometeu um crime eleitoral, a de ter os seus votos anulados, mas saudou a expressiva votação que o reconduziu à Casa legislativa.  

—Talvez os números da eleição não reflitam a eleição difícil que tivemos em Mato Grosso, mas tenham a certeza de que trabalhei muito, sem descanso. Levei ao povo de Mato Grosso uma mensagem dos sete meses que vivi aqui nesta Casa, uma mensagem de comprometimento desta Casa com o povo brasileiro neste momento de pandemia. Vivi aqui nesses sete meses e tenho a certeza da união de todos os colegas para superarmos os desafios que o Brasil e o mundo vivem nesta pandemia — ressaltou.

O senador afirmou que vai trabalhar “pelas reformas que o Brasil precisa” — a reforma tributária, a reforma administrativa — e vai continuar lutando pela regularização fundiária. Além de lutar para levar aos pequenos produtores “a legalização e o equilíbrio entre o desenvolvimento econômico e o meio ambiente, infraestrutura logística, qualificação profissional, e a retomada da autoestima da população no pós-pandemia”.

Carlos Fávaro, que é empresário e produtor rural, ingressou na política em 2005. E foi vice-governador de Mato Grosso entre os anos de 2015 e 2018, durante a gestão de Pedro Taques. O parlamentar foi empossado durante a abertura da sessão deliberativa de Plenário do último esforço coletivo do Senado em 2020. A confirmação da posse de Fávaro como senador veio após a diplomação do parlamentar, realizada virtualmente na manhã desta terça-feira pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT).

Cumprimentos

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, cumprimentou a posse definitiva de Fávaro e reforçou que o parlamentar continuará participando dos trabalhos no Senado Federal.

— Carlos Henrique Baqueta Fávaro, que já exerce o mandato de senador, continuará conosco aqui participando das atividades desta Casa como um grande líder senador e com o reconhecimento dos votos nessa eleição suplementar dados pelo povo do estado de Mato Grosso. Com muita honra, eu cumprimento Vossa Excelência, senador Fávaro, pela campanha exitosa e pela consolidação e concretização na eleição suplementar.

Como representante do Partido Social Democrático, Nelsinho Trad (PSD-MS) ressaltou a honra em receber Fávaro oficialmente como senador.

— Para nós é uma honra tê-lo definitivamente nos quadros do Senado da República mesmo que em uma situação inusitada, tomando posse na vaga que já era sua. Mas a lei manda isso, e Vossa Excelência não teve outra alternativa a não ser submeter-se a ela e, mais uma vez, provar para a Justiça Eleitoral, como também para nós todos e para toda a população de seu estado, que Vossa Excelência realmente era o Senador que Mato Grosso desejava ter aqui — destacou.

Os senadores Wellington Fagundes (PL-MT) e Luis Carlos Heinze (PP-RS) também felicitaram a posse do novo senador.

Eleição suplementar

A eleição suplementar para senador de Mato Grosso ocorreu devido à cassação, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do mandato da ex-senadora Selma Arruda e de seus dois suplentes, por caixa dois e abuso do poder econômico na campanha de 2018. O tribunal determinou a realização de novas eleições — o que estava previsto para o mês de abril. No entanto, a votação foi adiada por conta da pandemia do coronavírus e aconteceu de forma conjunta com o primeiro turno das eleições municipais.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2020/12/15/eleito-senador-em-2020-carlos-favaro-toma-posse
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *