Esperidião Amin pede continuidade das reformas e mais dinheiro para saúde catarinense

O deputado Esperidião Amin (PP-SC), eleito senador para os próximos oito anos, disse que trabalhará pela continuidade das reformas políticas e econômicas. Ele afirma ser difícil estabelecer uma pauta concreta neste momento, porque não se sabe as circunstâncias do próximo ano, mas elege as reformas amplas como a direção que o Congresso precisará seguir.

— Certamente apressar a reforma tributária, prosseguir a reforma política e debater um texto honesto para a reforma da Previdência são prioridades — afirmou, logo após sua vitória.

No âmbito político, Amin defende medidas para reduzir o número de partidos — o deputado julga que o “excesso” de legendas é um fator que estimula a corrupção. Na seara econômica, ele destaca uma reforma tributária que torne a economia brasileira mais competitiva como a de maior urgência.

O futuro senador também diz que vai direcionar sua atuação para a captação de verbas para a saúde no estado de Santa Catarina.

Recursos da União

Segundo Amin, o governo federal tem destinado recursos abaixo da média para custear procedimentos médicos de média e alta complexidade na rede hospitalar do estado.

— Meu estado tem sido discriminado pelo governo federal, que nos deve cerca de R$ 3 bilhões nos últimos 14 anos. Vou buscar formas de compensar esse tratamento injusto.

Esperidião Amin foi o mais votado para o Senado em Santa Catarina na eleição de outubro, tendo sido eleito com 1,2 milhão de votos. Será a sua segunda passagem pelo Senado: teve mandato entre 1991 e 1999. Também já foi prefeito de Florianópolis (SC), governador de Santa Catarina e está no terceiro mandato de deputado federal.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2018/10/22/esperidiao-amin-pede-continuidade-das-reformas-e-mais-dinheiro-para-saude-catarinense
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *