Fátima Bezerra lamentou cortes no Orçamento que podem comprometer políticas sociais em 2019

A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) lamentou que a proposta do Orçamento de 2019, encaminhada pelo governo ao Congresso Nacional, preveja um corte de quase 50% nas verbas de assistência social.

Fátima Bezerra, designada pelo PT para ser a relatora setorial do trabalho, previdência e assistência social na Comissão Mista de Orçamento, disse que, se a proposta for aprovada, 2,3 milhões de pessoas poderão deixar de receber o benefício de prestação continuada devido a pessoas com deficiência e idosos.

Além disso, sete milhões de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza poderão deixar de receber, no próximo ano, o Bolsa-Família, continuou a senadora, ao acrescentar que 17 mil serviços ofertados pelos Centros de Referência de Assistência Social e pelos Centros de Referência Especializado de Assistência Social também poderão ser interrompidos.

— Se essa proposta prevalecer, simplesmente o governo federal está tirando da área da assistência social 46,5 bilhões  de reais. isso significa agravar mais ainda a situação de desigualdade social que voltou a crescer no nosso país — argumentou.

A senadora garantiu que vai discutir esse problema com representantes do setor de assistência social. Ela também vai cobrar do governo federal a recomposição do orçamento da assistência social.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2018/11/07/fatima-bezerra-lamentou-cortes-no-orcamento-que-podem-comprometer-politicas-sociais-em-2019
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *