Instituição do Dia Nacional do Museu evidenciaria a importância da cultura brasileira, dizem debatedores

Os museus são importantes para a exposição da diversidade cultural brasileira e para a promoção da tolerância e da educação. Essa foi a tônica do debate promovido pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) nesta quarta-feira (16). A audiência pública foi requerida pela senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE) para discutir a instituição, por lei, do Dia Nacional do Museu..

— O museu é uma fonte de cultura. É preciso que essas instituições percorram todo o estado fazendo exposições, principalmente nas escolas de cidades que muitas vezes nem cinema têm — propôs Maria do Carmo na reunião.

O diretor superintendente do Instituto Banese, Ézio Déda, apresentou o caso de sucesso do Museu da Gente Sergipana. Inaugurado 2011, o museu tem perfil etnográfico com um acervo que proporciona experiências sensoriais e interatividade com manifestações culturais, com recursos de alta tecnologia e uma abordagem contemporânea e multidisciplinar.

— As escolas que visitam o museu tem que fazer o agendamento com 4 meses de antecedência. Em média, recebemos 5 escolas por dia. Muitas delas voltam, pois em um só dia não é possível realizar todas as atividades que o aparato museológico proporciona — contou.

Para a presidente do Conselho Federal de Museologia (Cofem), Rita de Cássia Mattos, os museus são importantes motores de desenvolvimento da sociedade, pois realizam ações de pesquisa, difusão da cultura, preservam locais de memória, além servir como instrumento de inclusão social a serviço do cidadão. Rita Mattos explicou que o museólogo é o responsável pela coordenação das múltiplas profissões que os museus abrigam, como educadores, arquitetos, sociólogos e artistas plásticos.

Semana Nacional dos Museus

O presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Marcelo Araújo, informou que anualmente é promovida a Semana Nacional de Museus, uma ação para mobilizar os museus brasileiros, concentrando suas programações em torno de um único tema em comemoração ao Dia Internacional de Museus (18 de maio). O evento, acrescentou Araújo,  já está em sua 16ª edição e o tema deste ano é Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos. A programação está acontecendo entre 14 e 20 de maio e conta com 1.113 museus participando com 3.240 ações.

— O resultado dessas semanas são o fortalecimento da imagem do museu, o aumento de visibilidade cultural, o envolvimento da comunidade e o aumento de público — apontou.

Araújo mencionou os resultados de uma pesquisa promovida em 2014 pelo Ibram que constatou uma adesão de 34% dos museus brasileiros e um aumento de 79% de visitação no período da Semana Nacional dos Museus. O presidente o Ibram acredita que, com a instituição por lei do Dia Nacional do Museu, a importância dessas instituições será evidenciada.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2018/05/16/instituicao-do-dia-nacional-do-museu-evidenciaria-a-importancia-da-cultura-brasileira-dizem-debatedores
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *