Íntegra do voto do ministro Celso de Mello no julgamento do HC do ex-presidente Lula

Leia a íntegra do voto do decano do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Celso de Mello, no Habeas Corpus (HC) 152752, impetrado em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O ministro votou pela concessão do habeas corpus para que o ex-presidente permaneça em liberdade até o trânsito em julgado da sentença penal condenatória.

Em seu voto, o ministro enfatiza que há quase 29 anos tem julgado que as sanções penais somente podem ser executadas após o trânsito em julgado da sentença condenatória. Na avaliação do decano,o que se discute é a garantia fundamental da presunção da inocência, prevista no artigo 5°, LVII, da Constituição Federal.“Ninguém pode ser tratado pelo Poder Público como se culpado fosse, sem que haja como fundamento uma sentença condenatória transitada em julgado”, afirma o ministro Celso de Mello em seu voto.

Leia a íntegra do voto

Leia mais:
05/04/2018 – STF nega habeas corpus preventivo ao ex-presidente Lula

 

Fonte: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=374952
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *