Jean Paul Prates critica manutenção do calendário do Enem

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) criticou nesta terça-feira (12) em pronunciamento a insistência do ministro da Educação, Abraham Weintraub, em não adiar o Exame Nacional de Ensino Médio, o Enem, apesar de a pandemia da covid-19 estar se agravando cada vez mais no país. Para o parlamentar, essa atitude contribui para aumentar as dificuldades que enfrentam os alunos das escolas públicas.

— A porta pode ser a mesma, mas a distância que o filho da classe média alta precisa percorrer para tentar atravessá-la é infinitamente mais curta do que a que se agiganta diante do filho da diarista, submetido a uma verdadeira corrida de obstáculos postados em seu caminho pela precariedade da escola pública na periferia, da falta de acesso a materiais didáticos e extraclasse, da incerteza até mesmo sobre a refeição antes de se deitar — ressaltou.

Jean Paul Prates disse que o não adiamento do Enem aumenta a desigualdade social já existente porque as escolas estão fechadas e a grande maioria dos estudantes das camadas mais pobres vivem em famílias que não têm acesso à internet.

O senador pelo Rio Grande do Norte acrescentou que, ao insistir na manutenção do calendário do exame, o ministro da Educação criou sua versão particular de negacionismo da crise do coronavírus, ignorando a gravidade de uma doença que afeta tantas pessoas em todo o mundo.  

 

 

 

 

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2020/05/12/jean-paul-prates-critica-manutencao-do-calendario-do-enem
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *