Museu do STF ganha hotsite que mostra acervo histórico-cultural da Corte

Além de novas instalações físicas, com a reforma em andamento, o Museu do Supremo Tribunal Federal também terá um novo local para a exibição de sua coleção: a internet. A partir de agora, todo o acervo histórico-cultural do STF será disponibilizado virtualmente, por meio de um hotsite.

Entre os objetivos da iniciativa está a preservação da memória institucional do STF, deixando-a mais acessível à população, bem como possibilitar o acompanhamento do projeto de ampliação do local. Na página, é possível acompanhar, em tempo real, as etapas concluídas da obra, as partes envolvidas no projeto e as parcerias firmadas.

Já o catálogo é composto por objetos reunidos em mais de 200 anos de história do órgão de cúpula do Judiciário nacional, desde sua criação, em 1808, até os dias atuais. O acervo reúne documentos, fotografias, insígnias (entre moedas, medalhas e condecorações) e objetos museológicos (mobiliário, obras de arte, presentes protocolares e objetos pessoais de ministros).

A ampliação do Museu do STF é uma parceria entre o STF, a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e o Banco de Brasília (BRB). Em agosto deste ano, foram assinados um acordo de cooperação para a curadoria compartilhada do Museu entre o STF e a AMB, e um contrato de patrocínio assinado pela AMB e o Banco de Brasília (BRB), com a participação da Corte como interveniente.

PS/EH

Fonte: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=451348
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *