Negado pedido de HC para condenado por duplo homicídio no aeroporto de Brasília (DF)

Em decisão unânime, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) indeferiu nesta terça-feira (31) o pedido de Habeas Corpus (HC 101090) protocolado em favor de Eder Douglas Santana Macedo, agente da Polícia Federal condenado a 18 anos e oito meses de reclusão pelo assassinato de pai e filho no saguão do aeroporto de Brasília (DF). O crime ocorreu no dia 25 de fevereiro de 2000.

A defesa de Eder alegou excesso de linguagem na decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) que determinou o julgamento de seu cliente pelo Tribunal do Júri, a chamada “sentença de pronúncia”. O excesso estaria no ponto em que o TJ considerou caracterizada a circunstância qualificadora que dificultou a defesa das vítimas.

“Entendo, diferentemente do que é alegado pela defesa, encontrar-se a decisão combatida devidamente motivada, respeitando de forma coerente os parâmetros exigidos para o ato, sem incidir em qualquer excesso de linguagem”, afirmou o ministro Gilmar Mendes, relator do caso.

O Ministério Público Federal (MPF), inicialmente, havia apontado o prejuízo do habeas corpus, que foi apresentado dias antes do julgamento de Eder pelo júri popular, realizado em 16 de outubro do ano passado. No HC havia o pedido liminar de suspensão daquele julgamento, que foi negado pelo ministro Cezar Peluso, relator originário do habeas. Após assumir a presidência da Corte, o processo foi enviado para o ministro Gilmar Mendes.

Nesta tarde, Mendes rejeitou a alegação do MPF. Ele explicou que caso o STF chegasse a anular a sentença de pronúncia, por ocasião da decisão de mérito do habeas, todos os atos decisórios tomados após essa sentença teriam de ser refeitos, inclusive o julgamento pelo júri popular.

RR/AL

Leia mais:
 
20/10/09 – Condenado por duplo homicídio no aeroporto de Brasília tem liminar em HC negada

 

 

Fonte: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=160229
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

One thought on “Negado pedido de HC para condenado por duplo homicídio no aeroporto de Brasília (DF)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *