Número de decisões proferidas em julho pelo presidente do STF aumenta 128% em relação a 2019

Responsável pelos casos urgentes que chegam ao Supremo Tribunal Federal (STF) durante as férias forenses (2 a 31 de julho), o presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, analisou 7.423 processos durante o período. Foram proferidas 4.836 decisões, o que representa um aumento de 128% em relação a julho de 2019. Do total de 4.730 processos recebidos no mês, 538 foram relacionados à pandemia do novo coronavírus, com 325 decisões nesses casos até o momento.

Dentre os processos originários protocolados em julho, ou seja, aqueles de competência inicial do próprio STF para julgar o caso, foi registrado um aumento de 26,2% em relação ao ano passado – foram 1.780 processos originários recebidos em julho deste ano e 1.411 em 2019.

A atribuição do presidente para decidir os casos urgentes está prevista no Regimento Interno do STF (artigo 13). Com base nesse dispositivo, o ministro também proferiu 2.587 despachos. 

Decisões

Entre as decisões em processos relacionados à pandemia, durante o recesso, o ministro Dias Toffoli restabeleceu ato do presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) no sentido da validade dos decretos governamentais que flexibilizaram o isolamento social adotado como medida de enfrentamento da Covid-19 no estado. Ele também deferiu liminar para suspender os efeitos de decisão judicial que havia relaxado as medidas de prevenção e contenção da doença em Cuiabá (MT), determinando o aumento da circulação de ônibus e proibindo o governo local de restringir os horários de funcionamento das atividades consideradas essenciais.

O presidente do STF restabeleceu ainda decisão da Justiça Federal em Mato Grosso que havia determinado a desocupação da Terra Indígena Urubu Branco, da etnia Tapirapé, por não índios que lá vivem. Também decidiu no sentido de conceder liminar para desconstituir a comissão especial formada para examinar o processo de impeachment do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e determinar a constituição de outra comissão, observando-se a proporcionalidade de representação dos partidos políticos e blocos parlamentares da Assembleia Legislativa e a votação plenária dos nomes apresentados pelos respectivos líderes, ainda que de modo simbólico.

EH,RP//SGPr

Veja a reportagem da TV Justiça:

Fonte: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=448714
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

One thought on “Número de decisões proferidas em julho pelo presidente do STF aumenta 128% em relação a 2019

  1. 527029 401125Hi, ich habe Ihre Webseite bei der Suche nach Fernbus Hamburg im Internet gefunden. Schauen Sie doch mal auf meiner Seite vorbei, ich habe dort viele Testberichte zu den aktuellen Windeleimern geschrieben. 403406

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *