Orçamento enviado ao Congresso é transparente e marcado pelo diálogo, afirma líder do governo

A presidenta Dilma Rousseff está lidando com absoluta transparência e disposição para o diálogo em relação à proposta de Lei Orçamentária encaminhada pelo governo, nesta segunda-feira (31), para o Congresso Nacional, garantiu o líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães.

Segundo o deputado, essa é primeira vez que um governo se coloca para construir um proposta orçamentária em conjunto com a Câmara dos Deputados e com o Senado Federal. Para Guimarães, é essa abertura que vai dar início a um novo ciclo de crescimento para o País.

“É enorme a transparência com que a presidenta tratou os cenários que conformaram a peça orçamentária enviada ao Congresso hoje. É uma novidade grande, um marco, o governo encaminhar para o Congresso e falar com toda a transparência: há um déficit. Nós queremos abrir o diálogo com o Congresso. Exatamente por isso que a peça orçamentária está sendo construída com tamanho diálogo que ajudará, a nós na Câmara e no Senado, a não votarmos projetos ou outras matérias que criem despesas para o governo”, afirmou o líder em entrevista à imprensa na noite desta segunda-feira, após reunião da presidenta Dilma com líderes da base aliada da Câmara, no Palácio do Planalto.

De acordo com José Guimarães, a proposta enviada hoje ao Congresso é de um orçamento transparente, que reflete a realidade econômica do País, mas que, ao mesmo tempo, preserva as conquistas sociais alcançadas pela população nos últimos anos.

“Este orçamento é real, é transparente. Ele não está maquiado. Ele reflete a realidade do Brasil (…) Ele preserva os aspectos fundamentais das conquistas sociais dos últimos anos: dos programas sociais, do salário mínimo, as despesas daquilo que está previsto em lei para educação, saúde, Minha Casa Minha Vida, o PAC e anuncia talvez essa que seja a maior novidade, um conjunto de medidas na área tributária e fiscal para vencer as atuais dificuldades”, disse.

E enfatizou os sinais de recuperação econômica registrados, nos últimos meses, por alguns setores da economia.

“Os cenários apresentados pela área econômica são muito positivos. (…) Há sinais muito positivos de recuperação, da volta do crescimento, do estancamento da alta da inflação. O pior já passou. Há sinais evidentes da retomada do crescimento. E se nós continuarmos dando passos certeiros, sem pisarmos em falso, eu acredito que 2016 será um outro momento. Em pouco tempo, nós vamos iniciar um processo de recuperação da economia”, ressaltou.

Além de enfatizar a importância para o País da reforma administrativa, anunciada pelo governo na última semana, e que prevê a redução do número de ministérios e cargos comissionados na administração federal, Guimarães afirma que o governo tem atuado em todas as frentes para garantir a redução de gastos e a retomada do crescimento econômico do País.

“Nós estamos atuando em todas as frente, em todos os quadrantes da Administração Pública. O Governo fazendo a sua parte, fazendo um profundo corte nos custeio, nas despesas, naquilo que é fundamental: tomando medidas para aumentar a arrecadação e não gerar despesas para assim retomar o crescimento da economia brasileira”, acrescentou.

Imprima:

Fonte: http://www2.planalto.gov.br/blog/orcamento-enviado-ao-congresso-e-transparente-e-marcado-pelo-dialogo-afirma-lider-do-governo
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *