Paim reconhece voto de protesto da população e critica proposta de reforma da Previdência

O senador Paulo Paim (PT-RS) comentou nesta terça-feira (9) o resultado das eleições do último domingo. Para o senador, reeleito para mais 8 anos de mandato, a população demonstrou seu descontentamento com a política tradicional e cobrou mais do que debates ideológicos no Parlamento. Ele reconheceu o voto de protesto do povo e afirmou que os cidadãos desejam ver resultados objetivos da atuação dos políticos.

— [Minha campanha] foi nesta linha: o que eu fiz como senador? O que estou fazendo? E o que eu pretendo fazer? Falei aqui dos estatutos, que (…) são leis: o Estatuto do Idoso, beneficiando 40 milhões de pessoas; o Estatuto da Pessoa com Deficiência, 46 milhões de pessoas; o Estatuto da Igualdade Racial e Social, que beneficia no mínimo, no mínimo, 200 milhões de pessoas. Que, quando você combate os preconceitos, você está defendendo na verdade todas as pessoas de bem sejam brancas, negras, índios, todos — declarou Paim.

Reforma da Previdência

O senador também criticou a proposta de reforma da Previdência Social defendida pelo presidente da República, Michel Temer. Para ele, o modelo proposto pelo governo, que determina mais tempo de contribuição para a Previdência, terminaria por impedir que os trabalhadores se aposentassem.

Na avaliação de Paim, há outros caminhos para equilibrar os números do sistema previdenciário e eles foram apontados pela CPI da Previdência que funcionou no Senado no ano passado. Entre as propostas da comissão parlamentar de inquérito estão, como lembrou Paim, o combate às fraudes, maior rigor na cobrança dos grandes devedores e o fim do desvio de recursos para outros setores.

Paim ressaltou ainda que há quem defenda que após as eleições a discussão sobre a reforma da previdência volte ao Parlamento. Disse que se isso ocorrer, haverá resistências.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2018/10/09/paim-reconhece-voto-de-protesto-da-populacao-e-critica-proposta-de-reforma-da-previdencia
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *