Para Paim, Constituição foi o despertar da cidadania

Deputado federal constituinte, o senador Paulo Paim (PT-RS) comemorou os 30 anos da constituição, documento que, na opinião dele, instituiu, protegeu e que ainda cuida muito bem da democracia.

Segundo o senador, os trabalhos durante a constituinte foram marcantes em sua trajetória política. Paim lembrou que, àquela época, o Brasil deixava a ditadura militar e a letargia política, com o despertar da cidadania, o pluripartidarismo e as eleições diretas.

O senador destacou também a participação popular durante os trabalhos da constituinte. De acordo com ele, muitas sugestões da sociedade foram encaminhadas e serviram de inspiração para elaborar o documento promulgado em 1988.

— Ao final, foram vinte meses de intensas discussões que resultaram no grande consenso que tem sustentado nossa vida social e política. Um consenso que, ao longo desses 30 anos, tem certamente se transformado, tem sido negociado e refeito, mas que não podemos perder de vista sob a pena de sucumbirmos, novamente, à melancolia dos tempos das trevas.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2018/11/06/para-paim-constituicao-foi-o-despertar-da-cidadania
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *