Paulo Paim se diz preocupado com o aumento da intolerância no país

O senador Paulo Paim (PT-RS) disse em Plenário, nesta segunda-feira (3), estar preocupado com as manifestações de intolerância que o Brasil está vivendo. Ele descreveu o cenário como a ausência do convívio com as diferenças, a não aceitação das pessoas como elas são e a falta de respeito ao ponto de vista dos outros.

Segundo Paim, a base da intolerância é o preconceito e a discriminação, que se manifestam em um ambiente em que o ideal de respeito e de coletividade sai de cena e dá lugar ao imediatismo e ao individualismo.

As crises política e econômica também criam o ambiente propício para esse tipo de posicionamento, já que, segundo ele, uma parcela da sociedade busca atribuir a um determinado grupo a culpa pela situação.

— O crescimento das redes sociais contribui para que a intolerância fique mais visível. Segundo a ONG [Organização Não Governamental] Safer Net, nos últimos anos, as denúncias contra páginas que divulgam conteúdos racistas, xenófobos, misóginos, homofóbicos, neonazistas e de intolerância religiosa cresceram mais de 200%— informou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2019/06/03/paulo-paim-se-diz-preocupado-com-o-aumento-da-intolerancia-no-pais
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *