Paulo Rocha diz que PT vai registrar candidatura de Lula à Presidência em 15 de agosto

Em discurso nesta quinta-feira (14), o senador Paulo Rocha (PT-PA) informou que o Partido dos Trabalhadores vai registrar a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República no dia 15 de agosto. Ele afirmou que o ex-presidente é um preso político que foi condenado sem provas.

– Lula sofre perseguição judicial sem paralelo na história do Brasil. Ela tem um objetivo claro: impedir que Lula se eleja novamente, para mais uma vez realizar as conquistas sociais e econômicas que o povo brasileiro tanto está a precisar – disse.

Para o senador, “parte do Judiciário revogou a regra constitucional da presunção de inocência” e Lula acabou condenado e preso sem provas, o que o caracterizaria um preso político.

– Sua prisão política é inconstitucional e é produto de um acordo entre o capital financeiro nacional, internacional e a elite do país com apoio da grande mídia e de parte do Judiciário.

Todo esse jogo antidemocrático se encaixa no contexto do golpe vigente no país, iniciado com a aprovação do impeachment sem crime da presidenta Dilma em agosto de 2016 – afirmou.

Mesmo preso há mais de dois meses, Lula se mantém à frente das pesquisas eleitorais, disse Paulo Rocha.

– Condenar Lula é condenar a democracia, é condenar o povo à situação a que chegamos, é condenar o Brasil ao atraso, ao retrocesso – acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *