Plenário do STF mantém prisão preventiva do juiz Rocha Mattos

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou hoje (30/9) decisão do ministro Joaquim Barbosa que arquivou Habeas Corpus impetrado em defesa do juiz federal João Carlos da Rocha Mattos. O habeas, autuado como Ação Originária (AO 1051), contestava a prisão preventiva do juiz, determinada pelo Tribunal de Regional Federal (TRF) da 3ª Região, com sede em São Paulo. A decisão unânime foi tomada no julgamento de um recurso – agravo regimental – interposto pela defesa do juiz contra a decisão de Barbosa.

Rocha Mattos está sendo processado pela suposta prática dos crimes de formação de quadrilha, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva e prevaricação. A denúncia foi oferecida pelo Ministério Público Federal após as investigações realizadas no âmbito da Operação Anaconda.

O ministro Joaquim Barbosa, relator da matéria, explicou que, no habeas corpus, a defesa do juiz alegava interesse dos integrantes do TRF nos fatos imputados a Rocha Mattos. Por isso, o juiz estaria sendo vítima de constrangimento ilegal, em vista de decisão do TRF que converteu sua prisão temporária em preventiva.

Daí a necessidade, segundo a defesa, de aplicação de dispositivo constitucional que determina ser competência originária do STF julgar ação em que todos os integrantes de um Tribunal ou mais da metade deles sejam direta ou indiretamente interessados no caso (alínea “n”, inciso I, artigo 102, da Constituição Federal) .

Ao ratificar a decisão que arquivou o pedido, Joaquim Barbosa lembrou: “Neguei o seguimento ao writ [habeas corpus] pelo fato de entender não configurada a hipótese de competência originária do Supremo Tribunal Federal”. Ao interpor o recurso, a defesa do juiz reiterou os argumentos do habeas.

“A alegação de que há interesse de todos os membros da magistratura sobre a presente causa não procede”, reafirmou Barbosa.

EC, RR/BB


Joaquim Barbosa é o relator (cópia em alta resolução).

Fonte: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=63515
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

3 thoughts on “Plenário do STF mantém prisão preventiva do juiz Rocha Mattos

  1. 525124 910203It is a shame you dont have a donate button! Id most surely donate to this outstanding internet internet site! I suppose within the meantime ill be pleased with bookmarking and putting your Rss feed to my Google account. I appear forward to fresh updates and will share this weblog with my Facebook group: ) 419118

  2. 56570 833237Oh my goodness! an incredible write-up dude. Thanks a ton However We are experiencing concern with ur rss . Dont know why Cannot enroll in it. Can there be any person discovering identical rss dilemma? Anyone who knows kindly respond. Thnkx 972686

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *