Plenário faz sessão em homenagem ao senador Nilo Coelho

O Plenário do Senado fará na quinta-feira (19), às 9h, sessão especial em homenagem ao centenário do nascimento de Nilo de Souza Coelho, que foi senador, deputado e governador de Pernambuco.

senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), sobrinho de Nilo, é o autor do requerimento para a sessão, que será presencial. Bezerra ressaltou que Nilo foi um importante símbolo da política de Pernambuco e do Brasil, sempre defendendo a afirmação do Poder Legislativo, o diálogo e a conciliação.

No Senado, Nilo foi homenageado dando nome a um dos corredores das comissões, a Ala Nilo Coelho. 

Biografia

Nilo Coelho nasceu em Petrolina no dia 2 de novembro de 1920. Filho de Clementino de Souza Coelho e Josefa de Souza Coelho, estudou no Colégio da Bahia e formou-se na Faculdade de Medicina de Salvador.

Após mandato como deputado estadual (1947 a 1950), elegeu-se deputado federal em 1951, tendo sido reeleito por duas vezes. Em 1952 foi secretário da Fazenda no governo de Etelvino Lins.

Em 1966, ao suceder Paulo Guerra, governou o estado de Pernambuco, ampliando a rede de eletrificação rural, que levou energia a mais de 200 distritos de Zona da Mata, Agreste e Sertão. Foi responsável pela implementação das áreas irrigadas do sertão e pela pavimentação dos 800 quilômetros da rodovia entre Recife e Petrolina, além da construção dos primeiros viadutos para o escoamento do tráfego urbano na Grande Recife.

Com o mandato como governador concluído em 1971 e após anos afastado da vida pública, elegeu-se senador por Pernambuco em 1978, tendo sido líder da Maioria e presidente do Congresso Nacional.

Nilo morreu aos 63 anos, em 9 de novembro de 1983, quando ocupava a Presidência do Senado Federal.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2020/11/16/plenario-faz-sessao-em-homenagem-ao-senador-nilo-coelho
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *