Plínio defende que prevenção da violência contra mulher esteja no currículo escolar

O senador Plínio Valério (PSDB-AM) defendeu durante pronunciamento, nesta terça-feira (4), a aprovação do projeto (PL 598/2019) de sua autoria que insere o conteúdo sobre a prevenção da violência contra as mulheres no currículo da educação básica.

A matéria, segundo ele, está em discussão na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) e tem relatório favorável da senadora Daniella Ribeiro (PP-PB). Caso o projeto vire lei, como avalia o senador, vai contribuir para mudar mentalidade e comportamentos machistas que, ao longo dos anos, vêm sendo repassados às novas gerações.

Plínio ainda citou dados da pesquisa “Visível e invisível – a vitimização da mulher no Brasil”, feita em 2018 pelo instituto Datafolha, em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

— Segundo as projeções da pesquisa, 536 mulheres foram vítimas de agressão física a cada hora. Já 12,5 milhões de mulheres foram vítimas de ofensa verbal, como insulto, humilhação ou xingamento, enquanto 1,6 milhão sofreram espancamento ou tentativa de estrangulamento, 3,9 milhões foram assediadas fisicamente em transporte público e 6 milhões sofreram algum tipo de assédio sexual no ambiente de trabalho— detalhou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2019/06/04/plinio-defende-que-prevencao-da-violencia-contra-mulher-esteja-no-curriculo-escolar
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *