PPS não vai concorrer à Presidência para não pulverizar candidaturas moderadas, diz Cristovam

O Partido Popular Socialista (PPS) desistiu de concorrer à presidência da República por acreditar que o lançamento de vários nomes diminui a chance de uma candidatura responsável — e que traga esperança de um Brasil melhor—, chegar ao segundo turno. Por isso, procura um nome para apoiar. Foi o que informou o senador Cristovam Buarque (PPS-DF), em discurso nesta quarta-feira (28).

— Há, hoje, um perigo no processo eleitoral porque há pulverização de candidaturas lúcidas, cuidadosas e moderadas — vejam que eu não usei a palavra centro. Essas candidaturas lúcidas, moderadas, responsáveis estão perdendo e estão quase impossibilitadas de ter um representante no segundo turno, pela pulverização — disse.

Segundo o senador, o partido não terá candidato próprio, mas quer encontrar um nome para apoiar, já no primeiro turno, que traga qualidades da moderação e da responsabilidade, com esperança. Hoje, nos dois extremos que aparecem nos cenários da disputa em segundo turno, há nomes que ele considera “nostálgicos”, com um desenho de futuro para o Brasil que é antigo, seja do autoritarismo, seja do populismo. Por isso, o partido iniciou um movimento de diálogo com os candidatos que representariam essa moderação e o primeiro a ser ouvido será o pré-candidato do PSDB, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Cristovam deseja saber qual proposta ele defende para o Brasil ofertar escolas de qualidade; para a saúde, para a previdência sustentável; para que a economia seja eficiente e que promova justiça social; e quais serão suas atitudes para diminuir a corrupção, que iniciativas proporia para evitar que um ladrão se infiltre em seu governo.

— Há uma diferença grande entre você ser uma oposição e você ser uma alternativa. Nós queremos uma alternativa. E esse diálogo é para saber até que ponto o candidato Geraldo Alckmin é capaz e desejoso de trazer para o Brasil uma proposta alternativa ao autoritarismo e ao populismo — explicou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2018/03/28/pps-nao-vai-concorrer-a-presidencia-para-nao-pulverizar-candidaturas-moderadas-diz-cristovam
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *