Programa “Direto do Plenário” completa 1.000 edições

O programa “Direto do Plenário” completou nesta quinta-feira (10) sua milésima edição. Apresentado pelo jornalista e mestre em Direito Carlos Eduardo Cunha, o programa tem a participação da consultora jurídica Karina Zucoloto, também mestre em Direito e com registro de jornalista. O programa da TV Justiça é transmitido ao vivo, às quartas e quintas-feiras, antes do início da sessão plenária do Supremo Tribunal Federal (STF) e sempre que há convocação de sessão extraordinária.

O “Direto do Plenário”detalha os processos previstos na pauta de julgamentos, em linguagem acessível ao público leigo. Também conta com matérias jornalísticas gravadas e participações de repórteres ao vivo, que ampliam a discussão dos processos julgados pelo STF, incluindo os julgamentos da Turmas.

Formato

Em razão da necessidade de isolamento social imposta pela pandemia do coronavírus, a apresentação do programa sofreu alterações em 2020. Enquanto Carlos Eduardo Cunha permanece sozinhono estúdio, Karina Zucoloto participa por videoconferência. O programa também conta, ocasionalmente, com a participação da consultora da TV Justiça Gisele Reis.

A primeira versão do programa chamava-se “Justiça em Ação”, depois “Sessão Plenária” e, por fim, “Direto do Plenário”. No início, a condução era feita apenas por um âncora e, depois, passou a ter comentários de um consultor jurídico. Eles levam aos telespectadores informações sobre as ações em pauta e, no intervalo, comentam as decisões e explicam situações e expressões jurídicas surgidas durante o debate pelo Plenário do STF.

TV Justiça

Destinada a ser um canal de divulgação dos atos do Poder Judiciário e dos serviços essenciais à Justiça, a emissora entrou no ar em 11/8/2002, com o objetivo de mostrar aos cidadãos como funciona a Justiça, facilitar o acesso aos serviços prestados e aumentar a transparência nos resultados. Com a adesão do STF às novas tecnologias, a sessão plenária passou a ser transmitida, também, pelo canal do STF no YouTube, além da transmissão ao vivo pela Rádio Justiça.

VP//CF

Leia mais:

28/10/2009 – TV Justiça completa milésima transmissão de sessão plenária nesta quarta-feira (28)

Fonte: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=457002
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *