Programa Direito Sem Fronteiras, da TV Justiça, fala sobre o crescimento da extrema-direita na Suécia

Considerado o país mais democrático do mundo, a Suécia vive um processo de radicalização política, e muitos analistas têm o país como o centro europeu da supremacia branca. Nos últimos três anos, a Suécia registrou um aumento nos índices de criminalidade, principalmente de ataques com armas em regiões que receberam imigrantes. Estes estão sendo apontados pelos radicais de direita como os maiores culpados pelo avanço da violência.

Apesar disso, a Suécia é um país pacífico e aberto, tradicionalmente conhecido como uma superpotência humanitária. Os temas estarão em debate no programa Direito sem Fronteiras desta semana, que vai ao ar esta noite na TV Justiça e conta com a participação de especialistas em Direito Internacional que analisam o crescimento da extrema-direita na região.

Exibições:
Estreia: 16/04, às 20h.
Reapresentações: 18/04, às 19h; 19/04, às 6h30; 20/04, às 19; 21/04, às 20h; e 22/04, às 20h.

Fonte: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=375564
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *