Programação da TV Justiça já tem 32 participações confirmadas

A TV Justiça, canal a cabo criado em maio deste ano, começa a operar experimentalmente no próximo dia 11 de julho, já contando com a participação oficializada de diversos tribunais, do Ministério Público e de associações de todo o País. A programação em testes vai incluir a transmissão de julgamentos, telejornalismo e programas didáticos, de debates e de serviços. A TV Justiça, coordenada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), entra no ar em 11 de agosto.

Desde seu lançamento, a TV Justiça vem recebendo apoio institucional de órgãos de cúpula do Judiciário e do Ministério Público, tais como o Superior Tribunal de Justiça (STJ), a Procuradoria Geral da República (PGR) e os colégios de Presidentes de Tribunais de Justiça e de Tribunais Regionais do Trabalho, além do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Programas

Quinze programas estão cadastrados para exibição. A Justiça Federal vai produzir, em cooperação entre o Conselho e os cinco Tribunais Regionais Federais, um programa semanal de 30 minutos, com reportagens e serviços. A PGR terá um programa também semanal, de 60 minutos, com reportagens, serviços, entrevista e debate.

Uma das faixas da programação será regional. Os Tribunais Regionais do Trabalho de Santa Catarina, Rondônia, Espírito Santo e Alagoas já produzem programas, baseados em serviços aos cidadãos. O TRT do Paraná também propôs um programa, assim como o Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

As associações de magistrados, membros do Ministério Público e advogados também vão participar da TV. O Movimento do Ministério Público Democrático vai trazer o “Trocando Idéias”, exibido no canal comunitário de São Paulo há um ano e produzido em parceria com a Universidade Metodista de São Paulo. A OAB-RJ trará o “Direito em Debate”, exibido pela TVE. A Associação do Juízes do Rio Grande do Sul exibirá um programa semanal veiculado há um ano regionalmente. “Justiça para todos” é o programa semanal que será gerado pela Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), incluindo debates e serviços. A Associação Nacional dos Procuradores Federais (Anpaf) propôs três programas, de debates, notícias e divulgação da legislação. A Associação dos Magistrados do Rio de Janeiro terá um programa semanal com foco na análise de casos de interesse do cidadão.

Jornalismo

Diariamente, o STF produzirá um telejornal e boletins jornalísticos, com a participação já garantida de 30 órgãos de Justiça: Conselho da Justiça Federal e Tribunais Regionais Federais da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª Regiões; Procuradoria Geral da República; Defensoria Pública da Paraíba; Ministério Público do Amazonas, de Minas Gerais, do Rio de Janeiro, de Roraima; Tribunal de Alçada do Paraná; Tribunais de Justiça do Ceará, de Pernambuco e de Santa Catarina; Tribunais Regionais do Trabalho da 5ª, 9ª, 10ª, 12ª, 13ª, 14ª, 15ª e 17ª Região; Tribunais Regionais Eleitorais de Minas Gerais, do Paraná e de São Paulo; associações nacionais dos Juízes Federais, dos Procuradores Federais, dos Magistrados do Rio de Janeiro; Movimento do Ministério Público Democrático.

Como participar

Ao longo do mês de julho, a Assessoria de Imprensa do STF continuará recebendo o cadastramento oficial de outras entidades interessadas em produzir para a TV e que estão em fase de elaboração de propostas, como a Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho (Anamatra) e a Associação dos Magistrados do Brasil (AMB). Esse cadastro é feito através de uma ficha que pode ser solicitada pelo email tv@stf.gov.br ou pelo telefone (61) 217-3823.

Segunda-feira, 1º de julho, haverá um seminário sobre o projeto da TV, organizado pelo Tribunal de Justiça do Espírito Santo, em Vitória. Igualmente, o Colégio de Presidentes e Corregedores dos TRTs abrirá espaço para discutir a TV Justiça no dia 3/6. Encontros semelhantes já foram realizados em Belo Horizonte (MG), no Tribunal Regional do Trabalho, em São Paulo (SP), na Procuradoria da República, com os órgãos de Justiça do Distrito Federal, com a diretoria da AMB, com o conselho da Anamatra, com as assessorias dos Tribunais Superiores e das associações nacionais do Judiciário e MP.

#CL//RP


Logomarca do canal a cabo (cópia em alta resolução)

Leia mais:

27/06/2002 – 19:38 – Tribunais de Justiça participarão da TV Justiça

07/06/2002 – 14:23 – Presidente da Associação Nacional dos Procuradores Federais entrega ao STF projetos para TV Justiça

03/06/2002 – 19:42 – Seminário no STF discute TV Justiça
 
17/05/2002 – 17:49 – Interino na Presidência da República, presidente do STF sanciona lei que cria TV Justiça
 
16/05/2002 – 16:39 – Presidente sanciona amanhã lei que cria TV Justiça

 

Fonte: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=58947
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

One thought on “Programação da TV Justiça já tem 32 participações confirmadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *