Projeto obriga publicar valor unitário de bem ou serviço pago por órgão público

Os valores unitários de cada bem ou serviço pagos pelos entes públicos deverão ser publicados em meios eletrônicos de acesso público. É o que prevê o Projeto de Lei do Senado (PLS) 247/2015, de autoria do senador Reguffe (sem partido-DF).

Para o parlamentar, a medida serve para dar mais transparência aos gastos públicos, pois a população poderá constatar, em tempo real, se o poder público está prezando pela economia dos gastos ou não.

“O cidadão poderá consultar e saber quanto custou cada medicamento adquirido pelo poder público, por exemplo, possibilitando que a população compare quanto ela está pagando pelo remédio diretamente na farmácia e quanto o governo, que compra em grande quantidade, está pagando por esses medicamentos”, justifica Reguffe no texto do projeto.

A proposta altera as normas voltadas à responsabilidade na gestão fiscal dada pela Lei Complementar 101, de 2000. A legislação vigente já determina que sejam publicados em meios eletrônicos de acesso público os dados referentes ao número do processo, ao bem fornecido ou ao serviço prestado, ao procedimento licitatório realizado e à pessoa física ou jurídica beneficiária do pagamento.

Inicialmente o projeto foi despachado à Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). No entanto, o texto poderá tramitar em conjunto com outros projetos do mesmo tema, se um requerimento do senador José Pimentel (PT-CE) for aprovado em Plenário. O pedido de apensamento ou tramitação conjunta (RQS 825/2016) ainda precisa ser lido na sessão plenária para ser votado.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2018/08/29/projeto-obriga-publicar-valor-unitario-de-bem-ou-servico-pago-por-orgao-publico
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *