Randolfe pede acesso a documentos da CIA sobre a ditadura militar no Brasil

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) apresentou nesta quarta-feira (16) em Plenário um requerimento para ter acesso a documentos produzidos pela agência de inteligência norte-americana durante a ditadura militar brasileira. Um memorando da Central Intelligency Agency (CIA) divulgado neste mês aponta que o general Ernesto Geisel, presidente do Brasil entre 1974 e 1979, autorizou o assassinato de opositores no período em que ocupou o cargo.

De acordo com Randolfe Rodrigues, os documentos vão subsidiar o projeto de lei do Senado (PLS) 237/2013, que propõe a revisão da Lei de Anistia. Autor do texto, o senador pediu ao presidente do Senado, Eunício Oliveira, que a tramitação da matéria seja suspensa até a chegada dos memorandos da CIA.

No requerimento, Randolfe pede que o Ministério das Relações Exteriores (MRE) informe quais providências estão sendo tomadas para a obtenção dos documentos. Solicita ainda que os papéis sejam remetidos ao Senado tão logo cheguem ao Brasil. Na última segunda-feira (14), o Itamaraty solicitou à CIA cópias dos documentos sobre torturas e assassinatos ocorridos durante o regime militar (1964-1985).

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2018/05/16/randolfe-pede-acesso-a-documentos-da-cia-sobre-a-ditadura-militar-no-brasil
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *