Receita Federal liberou entrada de mais de 131 milhões de EPI’s e materiais hospitalares para enfrentamento da Covid-19

Nos últimos 20 dias, de 23 de abril a 12 de maio, a equipe da Alfândega da Receita Federal no Porto de São Francisco do Sul/SC liberou diversas cargas de interesse para o enfrentamento ao Novo Coronavírus. As cargas foram liberadas nos Recintos Alfandegados: Porto Seco Rocha Top, em São Francisco do Sul, Porto de Itapoá e Centro Logístico Integrado Fastcargo (CLIF), em Itapoá/SC.

No total foram liberados mais de 131 milhões de itens, sendo: 107,4 milhões de pares de luvas, 18 milhões de máscaras, 5 milhões de kits de diagnóstico para Covid-19, mais de 1 milhão de scalp convencional para infusão intravenosa, 364,4 mil sistemas de infusão de solução parental por gravidade e 36 mil tubos de ventilação e filtros bacterianos para ventilação mecânica.

Todas as liberações foram realizadas pela Receita Federal com prioridade, em regime de urgência e, quando necessário, com atuação fora do horário ou em final de semana. O delegado da Alfândega da Receita Federal no Porto de São Francisco do Sul, auditor-fiscal Edwilson Mota, ressalta que “a Receita Federal continua empenhada para atender o interesse público, realizando com rapidez a liberação das importações de cargas relacionadas ao combate a Covid-19”.

Confira abaixo as cargas liberadas:

Fonte: http://receita.economia.gov.br/noticias/ascom/2020/maio/receita-federal-liberou-entrada-de-mais-de-131-milhoes-de-epis-e-materiais-hospitalares-para-enfrentamento-da-covid-19-nos-ultimos-20-dias
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *