Receita Federal localiza 730 kg de cocaína em carga de exportação no Porto de Santos

A carga lícita era composta por papel e tinha como destino final o Porto de Livorno, na Itália, mas com transbordo programado para Algeciras, na Espanha. A carga foi selecionada para conferência através de critérios objetivos de análise de risco, incluindo a inspeção não intrusiva por imagens de escâner e utilização dos cães de faro da Unidade.

Em função das características observadas na ação, suspeita-se ter ocorrido a técnica criminosa denominada “rip-off modality”, em que a droga é inserida em uma carga lícita sem o conhecimento dos exportadores e importadores.

A droga interceptada pela Alfândega foi entregue à Polícia Federal, que acompanhou a operação a partir de sua localização e prosseguirá com as investigações a partir das informações fornecidas pela Receita Federal.

Fonte: http://receita.economia.gov.br/noticias/ascom/2020/maio/receita-federal-localiza-730-kg-de-cocaina-em-carga-de-exportacao-no-porto-de-santos
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *