Senado pode ter CPI para investigar queimadas e desmonte da fiscalização ambiental

A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), coordenadora da Frente Ambientalista no Senado, protocolou nesta quarta-feira (23) o pedido de criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Crise Ambiental. Com o apoio de 27 senadores, o mínimo necessário para a abertura de uma CPI, o pedido encontra-se na Mesa.

Em discurso no Plenário, Eliziane destacou que o objetivo da CPI será investigar o desmonte da governança ambiental no Poder Executivo, além das queimadas na Amazônia e no Pantanal. Para a senadora, o fato de presidente Jair Bolsonaro continuar praticando o que classificou como discurso “negacionista” sobre a crise, no país e no exterior, incentivou os senadores a apoiarem a abertura da CPI.

— Culpar índios e caboclos pelos incêndios na Amazônia e no Pantanal, como fez Bolsonaro no discurso para a ONU, é um acinte à inteligência nacional e internacional, uma agressão aos fatos, ao não falar de madeireiros, grileiros e especuladores impatrióticos — critica.

A senadora considera também que o Brasil não pode se entregar a uma lógica em que as políticas de preservação ambiental atrapalhariam o desenvolvimento. Lembrou que diversos setores do agronegócio atualmente defendem políticas preservacionistas, o que também foi lembrado pelos senadores Jayme Campos (DEM-MT), Otto Alencar (PSD-BA) e Kátia Abreu (PP-TO) em discursos no Plenário. Eliziane também reclamou que, além das quedas nos recursos orçamentários para a preservação ambiental, o atual governo estaria executando apenas 0,4% das rubricas do setor.

Também durante a sessão desta quarta-feira, o senador Plínio Valério (PSDB-AM) manifestou apoio à criação da CPI da Crise Ambiental. Mas também cobrou do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, a instalação da CPI das ONGs na Amazônia, também já protocolada e que, disse, “servirá para separar o joio do trigo e combater a ação de muitas ONGs que estão na Amazônia principalmente para roubar”.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2020/09/23/senado-pode-ter-cpi-para-investigar-queimadas-e-desmonte-da-fiscalizacao-ambiental
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

2 thoughts on “Senado pode ter CPI para investigar queimadas e desmonte da fiscalização ambiental

  1. Have you ever heard of second life (sl for short). It is basically a online game where you can do anything you want. SL is literally my second life (pun intended lol). If you want to see more you can see these sl websites and blogs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *