Senado vai debater criação de centros de emergência e prevenção

LOC: O SENADO VAI VOLTAR A DEBATER A CRIAÇÃO DE CENTROS DE EMERGÊNCIA E PREVENÇÃO DE DESASTRES CLIMÁTICOS.

LOC: O SENADOR WALTER PINHEIRO QUER TRANSFORMAR AS UNIDADES DE MONITORAÇÃO DA COPA EM SERVIÇOS PERMANENTES DE ATENDIMENTO À POPULAÇÃO. ELE PEDIU TEMPO AO RELATOR DO PROJETO PARA EXPANDIR OS CENTROS. REPÓRTER ROBERTO FRAGOSO.

(REPÓRTER): Projeto em análise na Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado prevê a criação de Centros de Prevenção de Desastres Climáticos. O relatório, até então, era pela rejeição da maior parte do projeto; ficaria apenas a obrigação para emissoras de rádio e TV e operadoras de telefonia celular transmitirem alertas sobre desastres. Mas o senador Walter Pinheiro, do PT da Bahia, quer ampliar a proposta para um programa nacional de centros de emergência, nos moldes do 911 norte-americano ou do 112 europeu. A ideia, de acordo com o senador, é unificar todos os serviços de emergência em um só número.
(WATER PINHEIRO): Um centro de emergência tem uma capacidade enorme não só do atendimento, como também da forma como você avisa as diversas regiões, para evitar deslocamento, para facilitar a orientação à população. Isso funciona perfeitamente. Hoje, nós temos uma série de números. Bombeiro, Polícia, Defesa Civil e transporte, então Isso congregado em um único número que seja dispensado para você atuar em emergência e para que o cidadão possa também se dirigir a esses centros.
(REPÓRTER): Walter Pinheiro destacou que esse é o melhor momento para discutir a implantação dos centros de emergência, uma vez que muitas das capitais vão receber unidades de monitoração para a Copa do Mundo. Ele quer que estas sejam transformadas em centros de emergência completos, que vão continuar funcionando depois do fim do mundial de futebol. O senador Rodrigo Rollemberg, do PSB do Distrito Federal, vai aguardar as sugestões de Walter Pinheiro e incluí-las no seu relatório. Nos dias 11 e 12 de novembro, Walter Pinheiro vai participar de um seminário nos Estados Unidos, com o aval da comissão, e vai visitar dois Centros de Emergência: de Nova York e da Flórida. Ele deve usar as informações obtidas na elaboração da proposta.

Fonte: http://www.senado.gov.br/noticias/Radio/programaConteudoPadrao.asp?COD_TIPO_PROGRAMA=4&COD_AUDIO=156991
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *