Sessões remotas do Senado tornam-se exemplo para parlamentos das Américas

O ParlAmericas, organização com sede em Ottawa, no Canadá, que promove a diplomacia entre os Parlamentos do continente americano, acaba de publicar no YouTube a íntegra da videoconferência sobre sessão parlamentar virtual em que o Senado ganhou destaque com a apresentação do Sistema de Deliberação Remota (SDR).

Realizado em 1º de maio, o encontro foi presidido por um senador das Bahamas e contou com a participação dos presidentes dos Parlamentos da Índia, das Ilhas Virgens Britânicas e da Ilha de Man, além de servidores de órgãos equivalentes à Secretaria-Geral da Mesa (SGM) do Parlamento do Reino Unido, Canadá e Austrália.

O Senado foi representado pelo secretário-geral da Mesa, Luiz Fernando Bandeira, que apresentou o Sistema de Deliberação Remota (SDR), desenvolvido pela Secretaria-Geral da Mesa (SGM) em parceria com o Prodasen. Ele mostrou as ferramentas tecnológicas adotadas, as regras de funcionamento das sessões, fotos do Plenário virtual com o vídeo-wall e a versão em inglês do vídeo produzido pela TV Senado e pela Secretaria de Gestão de Informação e Documentação (SGiDoc) que explica o funcionamento do sistema, em operação desde 22 de março.

— Recomendo o uso do SDR somente para votação de matérias relacionadas à emergência ou de temas que não podem esperar pela normalização. Creio que esse instrumento não pode ser banalizado. Estou convencido de que o contato direto e pessoal entre os membros do Parlamento é essencial para o bom debate entre os senadores — afirmou Bandeira aos participantes da videoconferência.

Reconhecimento

Segundo o secretário-geral da Mesa, o manual de transferência de tecnologia do SDR continua sendo baixado por parlamentos de várias partes do mundo. Nesta sexta-feira (15), Bandeira recebeu correspondência da embaixadora do Senegal no Brasil, Fatoumata Binetou Rassoul Correa, tratando do SDR.

Bandeira tem participado semanalmente de lives com representantes de parlamentos para explicar a experiência do Senado brasileiro. Segundo ele, muitos parlamentos não têm realizado sessões presenciais nem virtuais desde o início da pandemia da covid-19. Outras Casas estão realizando sessões parcialmente presenciais, a exemplo da Câmara dos Deputados.

Na quarta-feira (13), o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, celebrou com senadores e deputados, durante a sessão remota do Congresso Nacional, o reconhecimento internacional do pioneirismo do sistema.

— Poucos países têm conseguido deliberar em seus parlamentos, e o Brasil tem sido referência, como tem sido destaque em todos os encontros nacionais e internacionais sobre legislativos — disse Davi.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2020/05/18/sessoes-remotas-do-senado-tornam-se-exemplo-para-parlamentos-das-americas
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *