Simone Tebet lança candidatura avulsa e defende mudança no regimento

Ao lançar candidatura avulsa para a Presidência do Senado, neste sábado (2), Simone Tebet (MDB-MS) defendeu a soberania do Plenário sobre o Regimento Interno da Casa e a independência dos Poderes. A senadora lembrou que é preciso democratizar a legislação para renovar a Casa e mudar a imagem negativa da instituição, cujos políticos estão “desacreditados pela população”.

— Vamos ter a capacidade de reinventar-nos, a começar pelo regimento. Não é possível que haja baixo e alto clero, não é possível um regimento oculto, dúbio. Temos que mudar o Regimento Interno, mas também temos que nos mudar. Temos que mudar aquilo que pensamos, não fazermos nada para o Senado Federal. O Senado Federal é que tem de servir ao país — disse.

Ao lamentar decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que revogou a votação aberta para a eleição do Senado — aprovada por 50 senadores nesta segunda-feira (1º) —, Simone afirmou que “decisão judicial se cumpre”, mas defendeu a harmonia e independência entre os Poderes.

— Nós temos um anomia (ausência de leis ou regras) institucional quando Poderes desgarrados, autônomos, decidem interferir em outro. Não estou aqui me referindo necessariamente só ao Poder Judiciário. Um Executivo que não executa, um Legislativo que não legisla fazem com que o Judiciário, no vácuo, legisle e execute em nosso lugar — ressaltou.

Simone Tebet concluiu seu pronunciamento pedindo que o Senado trabalhe no combate ao desemprego e à informalidade e também que avance na pauta econômica, com a redução do deficit fiscal, e na luta contra a violência.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2019/02/02/simone-tebet-lanca-candidatura-avulsa-e-defende-mudanca-no-regimento
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *