Alvaro defende aprovação de crédito suplementar de R$ 248,9 bilhões