CCJ decidirá sobre sustação do decreto de posse de armas na próxima quarta