Ministro Carlos Velloso considera falecimento de Teori Zavascki “uma perda irreparável”