Vanessa Grazziotin ataca decisão de juíza de Execuções Penais de limitar visitas ao ex-presidente Lula

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) acusou nesta quarta-feira (11) a Justiça e a Polícia Federal de cometerem ilegalidades contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso no último fim de semana, após condenação, em segunda instância, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

De acordo com a senadora, a forma com que Lula tem sido tratado pela Justiça gera o “aprofundamento da crise”. Vanessa Grazziotin classificou a prisão de Lula de ilegal e mencionou ameaças feitas durante o deslocamento aéreo do ex-presidente de São Paulo para Curitiba, onde permanece na carceragem da Polícia Federal.

Ela também repudiou a decisão da juíza federal Carolina Lebbos, responsável pela execução penal, de proibir a visita que um grupo de governadores, parlamentares e amigos faria a Lula. Para Vanessa Grazziotin, a decisão contraria a Lei de Execuções Penais, que assegura ao condenado o direito de receber visitas dos advogados, parentes e amigos, em dias determinados.

— Mas independente disso, tem algo mais que está sendo atacado, que é o próprio Estado de Direito, que é a própria democracia, que está sendo subtraída. Ou nós nos levantamos contra isso, ou nós não saberemos o que virá amanhã! — afirmou a senadora.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2018/04/11/vanessa-grazziotin-ataca-decisao-de-juiza-de-execucoes-penais-de-limitar-visitas-ao-ex-presidente-lula
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *