Vanessa Grazziotin atribui aumento do número de trabalhadores informais à reforma de Temer

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) apontou nesta quarta-feira (5), em Plenário, o aumento do trabalho informal no país, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A senadora observou que de 2016 a 2017 houve um aumento de 1,7 milhão no número de pessoas trabalhando sem carteira assinada, atingindo um total de 37,3 milhões trabalhadores.

Vanessa Grazziotin atribuiu a situação à reforma trabalhista aprovada pelo governo Temer. Ela criticou o presidente eleito, Jair Bolsonaro, por ter dito que é preciso aprofundar esta reforma e que é muito difícil ser patrão no Brasil.

— Eu até acho que é muito difícil ser patrão no Brasil. Agora, certamente mais difícil ainda é sobreviver sendo trabalhador neste país. Trabalhador que se expõe a uma jornada exaustiva de trabalho e ainda recebe um salário mínimo que sequer dá para fazer frente às suas necessidades e às necessidades da sua família — declarou a senadora.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2018/12/05/vanessa-grazziotin-atribui-aumento-do-numero-de-trabalhadores-informais-a-reforma-de-temer
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *