Wellington destaca ações emergenciais para atender indígenas durante pandemia

Em pronunciamento nesta quinta-feira (6), o senador Wellington Fagundes (PL-MT) alertou para a difícil situação da população indígena diante da pandemia da covid-19. Ele comparou a situação ao período da conquista espanhola e portuguesa na América, quando “milhões de indígenas foram dizimados por doenças trazidas pelo homem branco”.

Ao ressaltar que muitos indígenas já contraíram a covid-19, o senador lembrou a recente morte, provocada por essa doença, do cacique xavante Domingos Mahoro, em Mato Grosso.

Wellington informou que, como membro da comissão mista que acompanha as ações e os gastos do governo federal no combate à pandemia, discutiu o assunto com o governo federal. Ele disse que o governo atendeu aos pedidos de medidas de caráter emergencial.

— Desde 27 de julho, equipes de saúde estão no Araguaia fazendo a testagem em massa da população indígena, distribuindo medicamentos e fornecendo orientações sobre a doença — afirmou ele.

O senador também mencionou ações realizadas em Mato Grosso, no município de Campinápolis e na terra indígena Marãiwatsédé. Ele disse que, entre 10 e 16 de agosto, deverão ser atendidas as populações indígenas de Sangradouro, Meruri e Maribó.

Wellington declarou que esses esforços vêm sendo realizados graças a um trabalho conjunto de diversos órgãos e instâncias. Ele citou o caso do cacique Raoni, da etnia caiapó, que, segundo o senador, recebeu o apoio da prefeitura de Sinop para se internar e se recuperar da doença.

 

 

 

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: http://www12.senado.gov.br/noticias/noticias/materias/2020/08/06/wellington-destaca-acoes-emergenciais-para-atender-indigenas-durante-pandemia
Todas as informações contidas nesta página são de responsabilidade do seu criador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *